Ventosaterapia

É uma técnica muito antiga e se expandiu em diferentes culturas e se tornou popular como uma alternativa minimamente invasiva para desintoxicar o organismo, reduzir dores, desconfortos, estresse e tudo o que tenha a ver com o alinhamento da energia.

A ventosa faz um efeito de vácuo sobre o corpo sugando a pele e o músculo (ou parte dele) e, portanto, abrindo os poros e mobilizando a circulação sanguínea e linfática do corpo.

Quando a circulação é ativada através da ventosa, o aumento de sangue favorece a nutrição de músculos, aliviam as tensões, dores musculares e articulares.

Em alguns casos, o uso da técnica também é realizada com objetivos estéticos, como por exemplo, o tratamento da ventosaterapia para celulites e estrias.

Acredita-se que no Egito (2200 a.C.) e na Índia a Medicina Ayurveda, utilizava a prática médica com ventosas. Também existem registros na Grécia com Hipócrates (400 a.C.) que foi quem se sabe que deixou as primeiras indicações detalhadas sobre a utilização desta terapia. Nos países árabes se chamava Hijama e as culturas primitivas xamânicas utilizavam as ventosas para sugar o espírito causador da doença no corpo, porém, a maior referência está associada com a medicina tradicional chinesa (existe há mais de 3000 anos), onde se utiliza muito comumente em pessoas de todas as idades.

Terapeutas do Espaço Vida Centro Terapêutico que utilizam esta terapia ou técnica:
Angela Kaplon Tomczyk​ | Cristiane Richter | Patrícia Tomchuk Ávila