Barras de Access

As Barras de Access® consistem em 32 pontos energéticos em torno da cabeça que armazenam toda corrente eletromagnética das sinapses neurais, que criam os padrões comportamentais e reações programadas de cada pessoa, ou seja: todos os pensamentos, ideias, atitudes, decisões e crenças que você já teve em relação a qualquer coisa ao longo de sua vida.
Cada ponto possui registros de milhares de informações limitantes que, por sua vez, impedem o funcionamento normal e facilitado que todo e qualquer processo na vida deveria ter.
Quando um terapeuta ativa as barras, inicia-se a liberação dos registros (componentes elétricos) dos pensamentos, sentimentos e emoções armazenadas ao longo de nossas vidas, ajudando-nos a ver além dos padrões que usamos e dos problemas que passamos até então. É iniciado um processo de limpeza energética, de forma fácil, é liberada qualquer programação que lhe impeça de receber. Há, nesse sistema, as barras de cura, do corpo, do controle, da consciência, da criatividade, da energia, do envelhecimento, do sexo e do dinheiro – só para mencionar algumas, pois são 32 pontos ao todo.
Para entendermos melhor: as ondas elétricas cerebrais, como todas as ondas, são medidas de duas maneiras. A primeira é a frequência ou a velocidade dos impulsos elétricos. Frequência é medida em ciclos por segundo (Hz), variando de 0,5 Hz a 38 Hz, indicando o nível de consciência acessado pela pessoa. A segunda medida é a amplitude ou o quão forte é a onda cerebral.
Ondas cerebrais são classificadas por frequência em cinco tipos: BETA, ALFA, TETA, DELTA e GAMA. O Eletroencefalograma (EEG) registra graficamente as correntes elétricas dos hemisférios esquerdo e direito do cérebro.
Ondas cerebrais BETA são rápidas, variando de 13 a 38 ciclos por segundo. É o estado de pensamento normal, sua consciência externa ativa e o processo de pensamento. Sem Beta não seríamos capazes de exercer nossas funções no mundo exterior.
Ondas cerebrais ALFA nos permitem o estado de consciência individual relaxado, visualizações de imagens sensoriais e devaneio. Variando entre cerca de 8 ciclos a 12 ciclos por segundo, Alfa vem a ser a porta de comunicação entre o consciente (beta) e o inconsciente (teta).
Ondas cerebrais THETA representam nosso inconsciente. Variando de cerca de 4 a 8 ciclos por segundo, Theta está presente nos sonhos e proporciona a experiência de meditação profunda. Theta também contém o depósito de inspiração criativa e é onde muitas vezes nós temos a nossa ligação espiritual.
Ondas cerebrais DELTA retratam nossa mente inconsciente, o estado de sono profundo, variando de cerca de 0,5 ciclo por segundo a 4 ciclos por segundo. Mas, em combinação com outras ondas no estado de vigília, Delta atua como uma espécie de radar procurando informações, chegando a entender no mais profundo nível inconsciente coisas que não podemos compreender através do processo do pensamento. Delta nos oferece intuição, sintonia empática e discernimento instintivo.
Ondas cerebrais GAMA ficam acima de 39 Hz e estão envolvidas na maior atividade mental e na consolidação das informações. Os meditadores avançados tibetanos produzem níveis mais elevados de Gama que as outras pessoas, tanto antes como durante a meditação.
O padrão de ondas cerebrais da Mente Desperta ou Mente de Alta Performance (Gama) combina todos os padrões de frequência cerebrais somados: o radar empático e intuitivo das ondas Delta; a inspiração criativa, a percepção pessoal, e consciência espiritual das ondas Teta; a capacidade de transição e relaxamento com consciência das ondas Alfa; e da atenção externa e capacidade de processo de pensamento consciente das ondas Beta, tudo ao mesmo tempo.
No experimento recentemente realizado pelo renomado neurocientista Ph.d Dr. Jeffrey L. Fannin, constatou-se que atingimos essa frequência com uma sessão de Barras de Access®.

Terapeutas do Espaço Vida Centro Terapêutico que utilizam esta terapia ou técnica:
Adriana Baldez Torrano | Fabiana Corrêa | Jakeline S Caldart | Jaqueline Spitaliere | Katia Wernier | Luciana Furquim | Ranel Azambuja